Tábuas de corte e segurança alimentar

ArquivoExibir-1.aspxArquivoExibir.aspx

 

E como prometido no post anterior vamos aos novos conteúdos…vou compartilhar com vocês meus estudos e pesquisas nas mais diversas áreas relacionadas a uma vida saudável!

Sou fascinada pela segurança alimentar e tudo que envolve o tema, vejo muitas pessoas se preocupando em fazer dietas, mas não sabem o básico de uma vida verdadeiramente saudável.

Os novos conteúdos estarão divididos entre o instagram e o meu site o www.milacozzi.com.br que é a minha biblioteca on line com vocês. 

Então, vamos falar um pouquinho de Contaminação Cruzada e as tábuas de corte. Na faculdade trabalhamos com várias cores de tábuas de corte, cada uma para um tipo de alimento. Em casa nem sempre conseguimos ter tantas tábuas, mas no mínimo 3 entendo como fundamental. Essas são as minhas! Da marca @neoflambrasil com sitema Microban que impede o crescimento de bactérias mesmo com as fissuras causadas pelas facas!

A azul utilizo para frutas e vegetais;

A rosa para carnes em geral;

A verde para pães.

Tábuas de corte disponíveis no mercado:

–       madeira

–       vidro

–       polietileno

–       bambu

Em relação as tábuas de corte a superfície deve ser lisa, impermeáveis, sem frestas ou poros que possam atrapalhar a higienização dos utensílios.

De madeira: a Anvisa proíbe bares e restaurantes de utilizarem em função da proliferação de bactérias nas fissuras causadas pelas facas. Essa opção não existe na minha cozinha.

Vidro: quanto a parte da contaminação não há contra indicação. Porém, para mim não é a melhor opção, primeiro porque quebram com facilidade e segundo que destroem as facas e tenho muito amor pelas minhas rs.

Polietileno: acho as mais fáceis de manusear, limpar e como opção de várias cores consigo maior higiene e segurança na minha cozinha.

Bambu: confesso que recebi as minhas mas ainda não tive tempo de testá-las. São comercializadas como tábuas bem higiênicas, pois o Bambu é resistente à propagação de bactérias. A @neoflambrasil também comercializa esse tipo de tábua. 

 A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que os alimentos crus fiquem separados dos cozidos.

Ministério da Saúde indicam que alimentos crus, como ovos e carnes vermelhas, são responsáveis por 34,5% dos surtos de doenças transmitidas por alimentos que ocorrem no Brasil. 

Vida saudável é um conjunto de fatores…vai muito além de não comer isso ou aquilo!

Pensei nisso!

Grande beijo, Mila Cozzi

Mila Cozzi

Mila Cozzi

Mila Cozzi é Chefe de culinária saudável especialista em gastronomia low carb e funcional. Desenvolve suas próprias receitas e ministra cursos e workshops lotando as cozinhas de todo Brasil. Com seu espírito empreendedor Mila Cozzi desenvolveu o Curso de Empreendedorismo, o que virou referência e hoje tem ajudado inúmeras pessoas a mudar de vida!!! Mila seguiu seu sonho e hoje é uma das maiores referências no assunto.